sexta-feira, 23 de maio de 2014

A Menina do Lado, 1987


Mauro (Reginaldo Faria) é um jornalista de 45 anos, que aluga uma casa em Búzios com o objetivo de terminar o livro que está escrevendo. Na casa ao lado da sua está Alice (Flávia Monteiro), jovem de apenas 14 anos que está em férias. Solitária e afável, aos poucos Alice vai conquistando Mauro que, contrariando todas as expectativas, se descobre apaixonado por ela.

Filme nacional esquecido pelo tempo. Sobrevive na memória dos fiéis espectadores da band, no seu melhor momento, onde filmes eróticos, trash e b, faziam parte da programação. E, claro, pela polêmica que o envolve sendo, inclusive, comparado ( hahahahahha ) com "Lolita", do Kubrick.

A Menina do título é Flavia Monteiro, que na época tinha 14 anos e se envolve com um homem de 45 - interpretado pelo elegante Reginaldo Faria. Aos poucos vão se conhecendo e desenvolvendo uma mescla entre paixão e preenchimento da solidão, no que diz respeito a família. Ambos estão ao lado, sozinhos, resta a eles se entregar - fisicamente e emocionalmente - ao outro. 


É claro que soa agressivo, mas durante o desenrolar percebemos que a polêmica faz parte de um contexto. O clima erótico não é necessariamente a alma do filme, pelo contrário, eu diria que essa obra é um drama familiar. Com questões muito interessantes. Esse erotismo, que lembra muito os anos 70, surge como um artifício, uma forma de chamar a atenção. Mas como qualquer arte temos que analisar a intenção dentro de um contexto, pois ficar na fórmula e racionar em base a atualidade seria, basicamente, a morte de qualquer produção audiovisual. 

Já no começo temos a demonstração clara do vazio dos personagens, ele está escrevendo, ela fazendo uma festa para amigos. Ele sai na varanda, começa a olhar para casa ao lado e, assim do nada, espia ela fazendo xixi (?). É válido ressaltar que esse não é o exemplo de obra de arte, não passa de um bom filme. É tosquinho as vezes, o que não tira de forma alguma os seus méritos. O personagem Mauro ( Faria ) faz o esteriótipo de um bobão. Nenhum momento ele se interessa pela carne, falo aqui grosseiramente, da ninfeta. Pelo contrário, ele realmente se apaixona por ela. 

- Quer dizer que você tá trepando com uma menina de quatorze anos?
- Não, estou apaixonado por uma menina de quatorze anos. 

Esse é um diálogo que mostra que o sexo é consequência de um sentimento forte, que será levado ao limite ( dentro do limite do filme ). 

peitinho

Posso concluir que temos um desfecho interessante na história, pois os personagens começam a perceber que a diferença de idade é um fator prejudicial para ambos. Essa máscara da ilusão que a solidão criou vai se desfazendo, ele quer maturidade e ela aproveitar sua adolescência. 

- Vamos conversar como dois adultos!
- Eu não vou conversar como adulto, por que não sou um adulto.

Remetendo-nos diretamente à uma cena onde, após uma relação sexual, a menina pede para que Mauro conte uma história. Certamente o espectador cai por terra e percebe que se trata apenas de uma criança. Que não pode tomar nenhuma decisão do tamanho que uma relação dessas pede. 

Faria com um sorrisinho matador
Não diria que é uma obra prima, muito menos extremamente necessário, mas "A Menina do Lado" é um bom passatempo.



Não é o que parece, ele tá curando a dor de barriga dela. Uma cena mais WTF possível

3 comentários:

  1. Infelizmente o que vejo e um filme de(1987) com cenas de sexo com uma criança de 14anos na época nascida em (1972) parece pornografia infantil
    Se fosse hoje o que os internautas diria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ainda bem q não é hoje, pois perderíamos de ver um ótimo filme. Independente da idade dela, o filme é bem excitante, acho q seria mesmo se ela fosse mais velha.

      Excluir
  2. Achei super excitante, hoje existe muito moralismo (mas eu não me atraio por menininhas, gosto das entre 18 e 25). Esta atriz é linda de corpo e rosto. O filme simplesmente retrata a tara de um monte de homem mais velho: comer uma ninfeta. Simples assim. Já li muitos depoimentos de homens dizendo que um corpinho enxuto, uma buceta apertadinha, um peitinho empinado é muito mais gostoso que o contrário. Bem, na verdade, acho q quem gosta de mulher mesmo, não repara nessas coisas, mas cada um com seu gosto.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...